Eu vou ser pai

vou ser pai

Acho que paternidade será um tema recorrente por aqui. Embora minha vida ainda não tenha mudado, essa notícia me surpreendeu. Alguns anos atrás eu tinha um desejo mais ardente de ser pai, mas atualmente confesso que tinha me conformado não ter filhos. Quando a gravidez se confirmou, eu não consegui ficar alegre e nem triste. Me deu um misto de medo com preocupação. Agora alguém vai depender totalmente de mim! 

Impossível não refletir sobre minha relação com meu pai, de tudo que eu não quero ser. Diferente dele que teve um sonho de ser pai, se operou para que pudesse ter filhos. Eu desisti de me operar para aumentar as chances de ser pai, mas mesmo assim Deus me presenteou você. 

Com relação a degradação da relação com meu pai, não posso fazer nada. Pois não depende somente de mim. Mas meu filho, se um dia ler isso, sei lá. Quero que saiba que você tem um pai confuso, cheio de medos, incertezas com uma relação com seu avô conturbada. Mas muito esforçado, que aprende rápido, ansioso por sua chegada e que já te ama!  

Já me imagino lendo histórias para você e compartilhando meu amor pelos livros, colocando você para cuidar dos cachorros juntamente comigo e irmos ao cinema aos fins de semana. Quero me redescobrir como ser humano e de bom grado deixar de ser protagonista da minha história, para ser coadjuvante da sua meu filho. Que Deus me dê saúde e muitos anos de vida para que isso se concretize.  

 

Garoto perdido 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

CommentLuv badge